EIXO TEMÁTICO 1: FENOMENOLOGIA

Esse eixo temático é composto de GT1-A; GT1-B e GT1-C.

As apresentações dos trabalhos serão realizadas nos dias:
25/03/04 das 18h30 às 20h00 e
26/03/04 das 16h30 ás 18h30.

A programação das apresentações é elaborada pelo coordenador do GT.

COMPOSIÇÃO DO GT1-A
Coordenador: Prof. Dr. Ruy de Souza Josgrilberg- UMESP fenpec@metodista.br
Relatora: Profª. Drª. Maria Helena Cappo Bianco — USC
hbianco@usc.br (a confirmar)

AUTOR

TÍTULO

ÁREA

- Dr. Danilo Di Manno de Almeida - UMESP.

Subjetividade, objetividade e qualidade na pesquisa educacional: uma perspectiva filosófica

Edu.

- José Vicente Martins.

O corpo e a atividade física no discurso de duas emissoras de tv brasileiras.

Edu.

- Letícia Maria Cordeiro de Campos Giani- Mestranda – UNESP

- Prof. Dr Antonio Vicente Marafioti Garnica- UNESP

Um olhar qualitativo sobre as concepções dos professores de matemática.

Edu.

- Ailton José Scavassa - Faculdade de Medicina – UNESP- Botucatu

- Rosane Guimarães Bachilli - Faculdade de Medicina – UNESP- Botucatu

- Profª Drª Wilza Carla Spiri - Faculdade de Medicina – UNESP- Botucatu

 

A identidade do agente comunitário de saúde no programa de saúde da família – uma abordagem fenomenológica

 

 

 

 

S

- Ms. Tommy Akira Goto - Doutorando em Psicologia -PUCCAMP/SP

A crise da psicologia científica no último Husserl.

H

- Débora Vieira de Almeida.

O cuidado eficiente/ O cuidado em sua
essência - um ensaio sob a perspectiva fenomenológica de Martin Heidegger.

S

- Profª Drª Vitória Helena Cunha Espósito- PUCSP-CEPE.

- Drª Maria Anita Viviani Martins - PUC-SP.

- Drº Gilberto Tadeu Reis da Silva -UNIFESP-FASM.

- Ms. Aniceto Cirino da Silva Filho – UNAMA.

 

Formação de professores. buscando os sentidos de seu fazer e os saberes que se fazem necessários

 

 

 

Edu

Siglas das Áreas (H = Ciências Humanas; S = sáude; Edu = Educação e E = Exatas)

COMPOSIÇÃO DO GT1-B
Coordenadora:
Profª Drª Maria Inês Fini – UNICAMP mifini@terra.com.br (a confirmar)
Relatora: Profª Drª. Dagmar Silva Pinto de Castro — UMESP
dagmarsc@metodista.br (a confirmar)

AUTOR

TÍTULO

ÁREA

- Evandro Ghedin - Feusp/UEA

Hermenêutica e pesquisa em educação: caminhos da investigação interpretativa.

Edu.

- Profª DrªDulce Maria Nunes- UFRGS.

- Giovana Raquel de Moura - UFRGS

Elementos para a construção da semiótica do cuidado humano- enfermagem semiótica.

S

- Maria Cristina Cabral Ricardi

O sentido da vontade de aprender.

Edu.

- Profª Drª Maria Helena Borgato Cappo Bianco.

- Marta Sara Nader.

- Débora Vieira de Almeida.

Para além da epidemiologia – uma reflexão para compreensão do processo saúde – doença no homem.

S

- Ms.Tânia Baier - Universidade Regional de Blumenau.

Tópicos da matemática em pesquisas quantitativas e qualitativas: aspectos históricos.

E

- Ms. Wesley Adriano Martins Dourado – UMESP

O corpo próprio merleaupontyano: subjetividade e educação.

Edu.

- Profª Drª Marilia J. Marino. – PUCSP.

VIR A SER PSICODRAMATISTA - um caminho de singularização em co-existência.

Edu.

- Profª Drª Maria Queiroga Amoroso Anastácio – UNICOR.

- Nélia Mara da Costa Barros Silva. Colégio de Aplicação João XXIII/UFJF/MG)

Matemática escolar nas séries iniciais do ensino fundamental: considerações no bojo de uma pesquisa.

 

Edu.

Siglas das Áreas (H = Ciências Humanas; S = sáude; Edu = Educação e E = Exatas)

COMPOSIÇÃO DO GT1-C
Coordenadora:
Profª Drª Heloisa Szymanski hszymanski@uol.com.br (a confirmar)
Relator:
Prof. Dr. Washington Pacheco de Carvalho - UNESP
washcar@fqm.feis.unesp.br ( a confirmar)

AUTOR

TÍTULO

ÁREA

- Profª Drª Carmen S. G. Aranha

Exercícios do olhar no mac usp

Edu.

- Profª Drª Heloisa Szymanski –PUCSP

A prática reflexiva em pesquisas com famílias de baixa renda

H

- Profª Drª Maria Lúcia A Sadala-FM - UNESP- Botucatu.

A fenomenologia como método para investigar a experiência vivida: uma perspectiva do pensamento de Husserl e de Merleau-Ponty.

S

- Prof. Dr. Paulo Isamo Hiratsuka – UNESP

Sobre a pesquisa fundamentada na fenomenologia.

Edu.

- Profª. Drª Vera Engler Cury – PUC Campinas

Compreendendo as formas de pesquisar a atenção psicológica em Instituições de Saúde.

H

- Profª Drª Dulce Maria Nunes

- Wiliam Wegner

De que modo o docente ensina o aluno a cuidar.

S

Siglas das Áreas (H = Ciências Humanas; S = sáude; Edu = Educação e E = Exatas)